PARCEIROS











LEI PAULISTA DE INCENTIVO AO ESPORTE

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA

LOGIN NO SISTEMA ONLINE DA FETESP
Login:
Senha:
Guardar Senha


ACADEMIAS FILIADAS 2017

DESTAQUES
Calendário Oficial da FETESP - 2018

RESOLUÇÕES > 07/-2/14-0 - Ata da reunião Geral da Diretoria Realizada em 27-01-07

São Paulo, 27 de janeiro de 2007.


ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA REALIZADA EM 27/01/07.



Aos 27 de janeiro do ano corrente de 2007, no restaurante China Town, localizado à Rua Turmalina, 50 no bairro da Aclimação, Capital – SP foi realizada a reunião geral da Diretoria da FETESP. Estiveram presentes onze diretores e um assessor da diretoria de competição.
O presidente iniciou a reunião as 19h00min e agradeceu a presença de todos, justificou a ausência de demais diretores devido à divulgação feita via internet e correio eletrônico, porém ainda havendo falha de comunicação.
Iniciada a sessão, o presidente da FETESP indicou o Diretor Jurídico, Dr. José Antônio a leitura do edital de convocação com a seguinte ordem do dia, a saber:

A- ) Apresentação do relatório de cada departamento.
B- ) Pontos positivos e negativos do ano de 2006.
C- ) Realização do calendário 2007 da FETESP.
D- ) Objetivos e metas a serem cumpridas em 2007.
E- ) Fidelidade dos Faixas Pretas filiados junto a FETESP.
F- ) Outros

Passada para o item A do dia - Apenas três diretores apresentaram o relatório e antes de qualquer ação, o presidente usou a palavra para agradecer a dedicação e o apoio de toda a diretoria nestes 16 meses da nova gestão. Houve falhas e erros iniciais por falta de experiência, porém ainda, vários departamentos não estão bem entrosados e o presidente solicitou melhor comunicação neste ano, pois a reunião serviria também para apontar falhas no trabalho do ano anterior. Apresentou duas novas diretoras: Marketing, Srta. Samantha Villalba e Médica Ariadne Stacciarini. Ato contínuo, o presidente solicitou que fosse apresentado o relatório do departamento técnico e passou a palavra ao Mestre Flavio Bang.  O Mestre Flávio Bang iniciou declarando que assumiu a diretoria técnica em 2006 e o primeiro objetivo foi reconquistar o prestígio do Estado de São Paulo a nível nacional que vinha decaindo muito, porém o compromisso maior foi ganhar o título nacional nas competições. Posteriormente, afastou-se por determinado período de tempo devido às divergências de idéias e opiniões com o presidente, mas sempre assessorando em relação a regulamentos e realização de cursos tanto que inicialmente foi realizando um curso de arbitragem e técnicos no interior do estado, foi elaborado o regulamento para os árbitros que faz com que cada equipe leve seus árbitros e a nível nacional o departamento documentou a legitimidade da federação, do evento campeonato paulista e do título paulista na Confederação Brasileira e Taekwondo, tal titulo só será reconhecido se for através da FETESP.

O departamento técnico enxerga que o novo trabalho de administração da federação está completando um ano e meio de nova gestão os pontos positivos foram o aumento do número de filiados e o apoio da federação junto aos mesmos tanto com material de promoção como das academias, também à anistia, sendo esta uma grande oportunidade aos atletas não filiados a juntar-se à FETESP e ser reconhecido oficialmente. E como pontos negativos que influenciaram em seu afastamento da federação foram a falta de autonomia, porém tais assuntos já foram discutidos com o presidente e superados, um problema que atinge as entidades em geral é a falta da comunicação direta causando aborrecimentos e muita  fofoca, que atrapalham na administração e a relação entre os departamentos. Reconheceu que conta com excelentes pessoas na organização, porém em departamentos errados.

Como meta para 2007, aposta na reestruturação da comissão técnica, pois já é possível saber como cada um trabalha; a padronização estadual das técnicas de taekwondo, pois se forem comparadas entre cidades será constatado que atualmente são muito diferentes umas das outras; a elaboração do currículo estadual da federação para faixas coloridas e faixas pretas e conta com o apoio da Diretoria de Marketing na busca de patrocínio para as equipes e para a federação; reconquistar o título nacional assim como no ano passado; criar uma comissão técnica acadêmica para auxilio ao Mestre Adauto, pois as seleções estão crescendo muito com o apoio universitário; a criação da comissão técnica e específica para os jogos regionais e abertos, pois seria necessária uma comissão técnica neutra; apoiar a formação de novos árbitros, o que já vem acontecendo; incentivo para a revelação de novos talentos, pois a carreira de atleta costuma ser curta e recomenda a criação de uma equipe de base e finalizando diz que essas são as metas de seu departamento e espera finalizar o ano com todas estas cumpridas.

O presidente agradece e pede mais uma vez que haja melhor entendimento entre os departamentos e os líderes do taekwondo no estado de São Paulo e espera que mais nesse ano de mandato haja apoio e empenho de todos, pergunta se alguém deseja tirar alguma dúvida com mestre Flávio.
Passado para o relatório do Diretor de Patrimônio, sr. Jonas Alves. O Diretor diz que assumiu sua função em 2006, mais na organização e há pouco veio saber que a FETESP possuía patrimônios, estas que não eram suficientes para dar suporte em um campeonato, a federação está melhorando seu quadro adquirindo novos materiais. O sr Jonas comprometeu a se envolver mais em seu setor, fazendo uma listagem do que a federação possui para melhor conservação.

O presidente afirma que o Diretor de Patrimônio vem organizando os materiais da federação num espaço de estacionamento, que banners, plaquetas e a listagem encontram-se organizados, o diretor tem muita participação nas organizações dos eventos, mas espera que haja controle sobre os materiais da federação. Retomando a palavra, o Diretor de Patrimônio afirma que os controles dos materiais se darão por notas de entrada e saída para melhor organização e responsabilidade. Para a I Etapa do Paulista 2007 já foi recebido um pedido formal para que fossem cedidos materiais para a realização do evento.
Mestre Nelson questiona se todo o material que a federação possui é registrado, pois fica mais fácil o reconhecimento dos materiais para que não haja substituições e o Diretor de Patrimônio disse que pesquisará um modo para melhor controle de materiais neste ano. Em seguida foi a vez do departamento de arbitragem, Mestre Nelson Miyamoto, Diretor de Arbitragem, diz que a fase mais conturbada foi a dos jogos regionais e abertos do interior, onde houve muitos elogios e maiores críticas devido a muitos problemas com técnicos que vêm denegrindo a imagem do taekwondo nos jogos. Disse que todo o esforço para inserir o taekwondo pode ter sido em vão, visto que se os técnicos continuarem com tais atitudes a modalidade pode acabar sendo excluída dos jogos a qualquer instante por passar uma imagem de desorganização e violência entre os dirigentes como: reclamação de mestres, ameaça de agressão dos técnicos para com árbitros e isso deverá ser resolvido da melhor forma possível, pois é crescente o número de desistência ocasionando baixa no quadro de arbitragem. É necessário que se crie uma estrutura para estimular os poucos árbitros que permanecem e que se dedicam ganhando experiência, além de criar um plano de carreira. A idéia do presidente de estar realizando campeonatos em diversas regiões fora da capital, vem a ser uma excelente idéia para a divulgação da modalidade, porém para o deslocamento dos árbitros existe maior dificuldade. Mas o maior agravante, até mesmo em nível nacional, o árbitro hoje não tem um vínculo muito forte em relação à necessidade de estar trabalhando com o taekwondo e a maioria dos árbitros mais experientes não vivem no taekwondo e por isso facilita a desistência do mesmo. Pediu-se respeito, pois em 2006, o fator desistência maior foi devido o desrespeito dos técnicos, pressionados e com intrigas e fofocas de mestres nas quadras e nas arquibancadas. Gerou-se uma polêmica sobre a questão dos árbitros nos jogos regionais, pois em campeonatos de baixa remuneração nenhum se dispõe a trabalhar. Umas das soluções seria, além dos dois coordenadores, formar uma comissão técnica no departamento de arbitragem com árbitros mais experientes, que como benefício estariam isentos da taxa do curso em sequencia hierárquica, sendo assim fácil indicar um novo diretor ou coordenador, quando da sua saída, sem se perder a base do departamento. O diretor jurídico solicitou o uso da palavra e disse que baseada no estatuto e código de ética há maneiras de punir os técnicos que agirem de forma ofensiva moral ou física.Mestre Adauto disse que antes de aplicar qualquer punição deverá haver advertência, porém apenas para agressão verbal, pois a agressão física nunca é justificável.

Aproveitando o ensejo, Mestre Adauto falou sobre o novo departamento a qual foi nomeado, Ética e Disciplina,  que como meta para 2007 buscará recuperar a moralidade e a ética que vem sendo deixado muito de lado e que para prestar um serviço no campeonato é necessário seguir os padrões do que se é exigido para a organização de um evento e como exemplo citou o desfibrilador para garantir rápido atendimento em caso de acidentes graves. Pediu a colaboração de todos e comenta que pretende fazer os eventos universitários juntamente com a federação, estará conseguindo bolsas de estudo para atletas, de suma importância para um atleta, pois a carreira dos atletas são curtas. Finalizando, aproveitou para demonstrar seu interesse no resgate da modalidade de kyourugui de duplas, pois é muito dinâmica e gostaria de ajudar na formação de árbitros especializados.

O presidente agradeceu ao Mestre Adauto por ser um exemplo à federação e que no ano passado cedeu duas bolsas de estudos para integrantes da FETESP e que se dispôs a sempre auxiliar sempre que possível. Em seguida passou a palavra para o Mestre Donizetti, Diretor de Competição. o Diretor diz que assumiu seu departamento em março de 2006, e como ponto negativo, citou que houve falta de pessoas disponíveis para auxiliá-lo, além dos funcionários da federação e da Academia Liberdade; a falta de envolvimento de mestres e técnicos que as vezes travam a competição; problemas na pesagem com balanças e pessoas qualificadas; tumultos nas áreas de chamada; e que a maioria dos erros foram nas inscrições e não nas chaves. Posteriormente foi criada a comissão de trabalho da FETESP para minimizar o problema. As metas para 2007 são: A realização das cinco etapas do campeonato paulista, treinos coletivos das equipes; maior entrosamento de mestres; atuar em conjunto com a arbitragem e as chaves deverão ser feitas logo após o encerramento dos prazos de inscrições para que seja divulgada a tempo de realizar todas as possíveis correções após divulgação no site e estar disponível nas paredes do ginásio no dia da competição. Em relação as pesagens diferenciar feminino com masculino, para finalizar tem como objetivo contribuir para resgatar o prestígio da federação.O presidente agradece o empenho e dedicação do diretor de competição, relações públicas e arbitragem, pediu a continuidade do trabalho e passa a palavra para a Diretora de Relações Públicas srta. Fabricia Aleixo.

A diretora diz que a federação vem conquistando muitas vitórias junto a Secretaria de Esportes do Estado de SP. Só nos jogos abertos e regionais conquistou alem de inserção da Poom-se, aumento para oito categorias de competição dando mais oportunidade aos atletas. Anunciou que todas as etapas do campeonato paulista ja fazem parte do calendário da SEJEL. Disse que se todos os departamentos se entrosarem melhor, o trabalho fluirá muito melhor a todos.

O presidente nomeia e passa a palavra para a Diretora Médica Dra. Ariadne Stacciarini, que inicia lendo um artigo do estatuto sobre suas funções, diz que se compromete a montar uma equipe de auxiliares de enfermagem que será supervisionada e sempre estará presente nos eventos para também atuar se necessário e agradece a todos.

Com a palavra a nova Diretora de Marketing, srta Samantha Villalba agradece a oportunidade, visto que a federação não possuía tal departamento e que trabalhará em cima das metas de cada departamento, visando conseguir apoio tanto para a federação como para os filiados e que o site seja realmente o meio de comunicação efetiva. Diz que para conseguir bons patrocínios são necessários bons eventos e solicita um trabalho conjunto.

O presidente agradece e passa a palavra para o 1º Vice-presidente, Luiz Franciscatte, que inicia dizendo que falará mais a respeito do seu cargo de ombudsman que não vem sendo muito solicitado e que há muita conversa paralela que acaba virando fofoca, pois sua função é ouvir reclamações e direcionar aos respectivos departamentos da federação para que seja providenciada uma solução e conta com o apoio do departamento de marketing para divulgar sua função que ainda é meio desconhecida pelos praticantes.

Tomado a palavra, o mestre Marcelo Melo diz que espera assessorar bem o departamento de competição procurando solucionar ocorrências da melhor forma possível e auxiliar para o bom andamento do evento.

Como todos já haviam apresentado os pontos negativos de 2006 e suas metas para 2007 foi encerrada os itens B e D do edital. Colocado em votação, todo concordaram.
Item C) o presidente informa que o mesmo já está disponível no site e disse que pediu apoio à CBTKD para que o calendário da confederação não entre em conflito com o da federação, Mestre Flávio (diretor da CBTKD e responsável da elaboração do calendário) disse que nenhum evento será aprovado sem antes que sejam avaliados os calendários e que na medida do possível as datas serão mudadas.

O presidente diz que seu compromisso com os filiados é o resgate da representatividade, anunciou a realização das cindo etapas do paulista, campeonato paulista de duplas, campeonato de mu-ye, brazil open, vale open, copa ipiranga, jogos regionais e abertos. Ainda, aumento o numero de exames de faixas pretas no interior e mais regiões. Expõe que tem muitos problemas com projetos sociais e se coloca a disposição para que eles sejam inseridos nos joguinhos ou até mesmo nos jogos estudantis, se a categoria estiver unida o avanço será ainda maior e que as realizações dos campeonatos dependem da diretoria presente.

Iniciando o item E) e F) o presidente anuncia que são assuntos delicados e estava com o estatuto em mãos, e pediu para o diretor da ética lesse, Artigo 6; Art. 25, 1-k; Art 40; e Art 49 depois lido concluiu que foi elaborado muito rigorosamente e que pretende utilizar o mínimo possível, pois consta casos de técnicos indisciplinados como imperdoáveis e foi aplicado o mínimo como uma advertência e em relação a fidelidade dos faixas pretas, pediu para que o diretor de ética estude o código de ética e regulamento de punição aprovado na Assembléia e registrado para melhor entendimento, pediu para que estudasse possíveis reforma estatutária pela diretoria, pois há alguns itens extremamente exagerados em relação a punição e rigor.

Os artigos lidos também citam que os filiados a federação devem ter fidelidade não participando de eventos de outras entidades e o diretor jurídico diz que a constituição federal ourtoga poderes a federações e a federação possuí legitimidade para este tipo de solicitações.

Em breve o estatuto atual deverá ser divulgado no site.
Para finalizar, o presidente cedeu o uso da palavra a quem o quisesse, não havendo manifestação, deu-se encerrada a reunião às 20:45.

Presidente


Secretaria


2018-01-18 - SISTEMA DO CAMPEONATO PAULISTA DE POOM-SE 2018 2012-09-12 - Emissão de Declaração de Atleta (Cartas para Bolsa). 2012-01-20 - Critérios para organizadores do evento. 2012-01-20 - Indicação de árbitros. 2012-01-18 - Sistema de Ranking e Seleção Paulista 2012 2010-06-01 - Ata do Encontro da Diretoria da FETESP. 2008-10-09 - Ata da Raunião Geral dos Filiados 14-01-2007 - Ata da Assembléia Geral Realizada em 31-01-2007 14-02-2007 - Ata da reunião Geral da Diretoria Realizada em 27-01-07 10-01-2007 - Limite de Participação nas Cinco Etapas do Campeonato Paulista.

| 1 | 2 | 3 | Próxima















FILIADO À                                         RECONHECIDA
                   
FETESP - Federação de Taekwondo do Estado de São Paulo
Rua Conselheiro Furtado, 1044 - Liberdade  São Paulo - SP Cep:01511-001 Telefax: (11) 3384-1098

FETESP.com.br. Todos os direitos reservados.